Temporada 2017
julho
s t q q s s d
<julho>
segterquaquisexsábdom
2627282930 1 2
34 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 2526 27 28 29 30
31123456
jan fev mar abr
mai jun jul ago
set out nov dez
PRAÇA JÚLIO PRESTES, Nº 16
01218 020 | SÃO PAULO - SP
+55 11 3367 9500
  • Visita Monitorada
CONCERTOS NA SALA SÃO PAULO CONTAM COM RECURSOS DE ACESSIBILIDADE

A Fundação Osesp traz uma importante novidade para a série de Concertos Matinais em 2017! Com o suporte da Mais Diferenças, alguns concertos da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo na Sala São Paulo serão acessíveis a pessoas com deficiência. O próximo deles acontece no domingo, dia 06 de agosto, às 11h.


Haverá audiodescrição do próprio concerto e também do local, disponibilizada por meio de um aplicativo para smartphones e tablets. O recurso é simultâneo e ao vivo, com informações relevantes à experiência de assistir a um concerto da Osesp na Sala São Paulo. A entrada é gratuita a todos.


Confira quais são os próximos concertos com acessibilidade:

 

DOM 06/AGO - 11H   
DOM 13/AGO - 11H  
DOM 1º/OUT - 11H

 

Para inscrições e mais informações, clique aqui.

DOMINGO NA SALA SÃO PAULO

Que tal assistir a um concerto gratuito no domingo? Em quase todos, às 11h, a Osesp ou orquestras parceiras realizam concertos matinais gratuitos na Sala São Paulo. Os ingressos ficam disponíveis na bilheteria do 1º subsolo a partir da segunda-feira anterior ao concerto. 

 
Contudo, além da música clássica, sabia que o prédio da Sala São Paulo abriga muita história? Você pode agendar uma visita monitorada agora mesmo e descobrir muita coisa que já aconteceu por aqui! Durante o passeio, nossos guias contam a  história do edifício que abrigou a antiga estação da Estrada de Ferro Sorocabana no período áureo do café e hoje é sede da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo, além de abordarem  importância da Sala São Paulo como patrimônio histórico e marco da cidade; o processo de restauro e revitalização pelo qual passou no final da década de 90; e o projeto de construção da Sala São Paulo, sua acústica, estrutura e detalhes sobre o funcionamento da sala de concertos. Para não perder a viagem, agende ou confirme sua visita antecipadamente.

 
Saiba mais sobre as visitas monitoradas e confira nossa programação completa.
 
 
 
CASA DA OSESP É UMA DAS DEZ SALAS DE CONCERTO SELECIONADAS ENTRE AS MELHORES DO MUNDO

O jornal britânico The Guardian publicou uma matéria elegendo dez salas de concerto entre as melhores ao redor do mundo, na qual destaca as qualidades acústicas de cada local. O especialista Trevor Cox, professor de engenharia acústica na Universidade de Salford e autor do livro Sonic Wonderland: A Scientific Odissey of Sound, incluiu a Sala São Paulo nessa lista, ao lado de importantes salas, como a Berlin Philharmonie, a Philharmonie de Paris, a Tokyo Opera City Concert Hall e a Grosser Musikvereinssaal, de Viena.


Ele destaca o desafio que foi construir a Sala São Paulo em uma área que era anteriormente o pátio ao ar livre de uma estação de trem; elogia a beleza da sua arquitetura, que aproveita as enormes colunas originais da antiga Estação Júlio Prestes; e explica as características do teto móvel, que permite que a acústica de cada concerto seja ajustada conforme o repertório a ser apresentado.
 
Leia a matéria completa
Saiba mais sobre Trevor Cox
Saiba mais sobre a Sala São Paulo

SALA SÃO PAULO NO STREET VIEW DO GOOGLE MAPS
Faça uma visita virtual dentro da Sala São Paulo e conheça  um pouco mais sobre os ambientes que fazem parte do  Complexo Cultural Júlio Prestes.

A plataforma do Google Maps  disponibiliza  imagens  capturadas do  interior da Sala São  Paulo através da   ferramenta Google Street  View. Além da  Sala de Concertos,  a visita  permite   conhecer também o Boulevard, o Salão dos  Arcos, o Hall, o Foyer e a Estação das Artes.

Clique e visite o interior da Sala São Paulo.

O Google Maps é uma ferramenta gratuita, que permite a visualização de fotografias capturadas das ruas de cidades do mundo. Recentemente o Google Maps começou a capturar imagens internas de áreas de interesse turístico e cultural.